21 agosto, 2005

 

CLASSIFICADOS DO SUBMUNDO


 

- O editor deste SUBMUNDO procura um contador de visitas que funcione. Paga-se nada, porque minha vaidade não chega a tanto.

- Compro também material publicitário do PT em liquidação. De preferência uma bandeira da campanha de 1989, bem puída, mas não rasgada.

- Passaporte falsificado e passagem só de ida pra algum país com o câmbio mais desvalorizado que o nosso (exceto China) serão bem recompensados, em caso de impeachment. Melhor o Zimbábue que Severino.

- Quintuplicou a demanda por óleo de peroba de Junho para cá. Encomendas deverão ser entregues nos diretórios do PSDB e PFL em todo País.

 

 

 

Tirando a poeira


 

Depois de um ano de monólogo, surge um colaborador para este SUBMUNDO. É o amigo de longa data e carrasco impiedoso no futebol de botão Daniel Crepaldi, que me enviou o texto abaixo. Crepaldi prima pela simplicidade e aponta, como a criança daquela fábula, que o rei está nu.

Um Conselho para Jesus

Certo dia, perambulando pelos cômodos de casa, me peguei pensando na situação caótica que se encontra a classe política brasileira, e, num relampejo de lucidez, me veio em mente uma situação hipotética que tive a petulância de colocá-la no papel. Comecei a comparar o atual governo com a ex-prostituta Maria Madalena, aquela mesma que foi salva por Jesus Cristo entre as décadas de 20 e 30 do início nosso calendário. Fiquei imaginando aquela situação ocorrida a pouco menos de dois mil anos, onde uma pecadora do mais alto calão, caída e rodeada por inúmeros cidadãos munidos de pedras, recebia providencialmente a intervenção do Messias. Ao perceber o massacre que estava por vir, Jesus se adianta em defesa da pobre mulher e em voz alta desafia: “Aquele que nunca pecou, que atire a primeira pedra!”. Pigarreando e com a cara queimando, os indivíduos largam as pedras no chão e, constrangidos, tomam o rumo de casa.

O que me pergunto é: será que se Jesus Cristo descesse dos céus, se colocasse ao lado dos pecadores do atual governo e proferisse a mesma frase que proferiu na ocasião citada acima, Ele sairia ileso? A minha dúvida é se esses políticos que hoje demonstram surpresa com as atitudes ilícitas desse governo, nunca ouviram sequer falar de coisas desse tipo quando eram eles o governo ou em toda sua trajetória política. Será que eles nunca ouviram falar em compra de votos de parlamentares, ou que sejam, votos de eleitores? Será que doações de dinheiro para campanhas sem declaração é privilégio apenas dos comunistas-liberais? Será que a profissão Marcos Valério só surgiu após a eleição do presidente LILS? Será que nenhum dos atuais carrascos ouviu falar em alguém que tivesse levado algum trocadinho nas privatizações ou nessas emendas de reeleições pela vida afora? O interessante é que é quase consenso entre a população brasileira que todo político é corrupto e quase todos já ouviram falar em algum dos meus questionamentos, menos os nossos desinformados deputados e senadores de hoje, que se já ouviram algo a respeito, não quiseram se pronunciar anteriormente. Por quê?

É perceptível que o antigo governo e atual oposição é muito mais efetivo e contundente em sua atual função do que os que hoje governam e outrora atiraram tantas pedras no telhado adversário, mas não entendo como em somente três anos, um grupo que pela primeira vez assume o controle da nação, invente e organize tamanho esquema de corrupção, coincidentemente com membros do antigo governo, que aparentemente desejam se perpetuar no poder independente dos meios, por algum motivo muito atraente. No alto da minha ingenuidade, não consigo entender porque tanta briga por cargos públicos de primeiro, segundo e até de terceiro escalão, presidências e diretorias de estatais, se ninguém nunca tinha ouvido falar anteriormente que esses cargos fossem minas de dinheiro como parecem ter virado de pouco tempo para cá.

Mas voltando à minha história inicial, levando em consideração a inexistência de um passado comprometedor na vida nos indivíduos da atual oposição e o fato de ser mais um entre os tantos cristãos brasileiros, só me restaria aconselhar ao Salvador: “Corra Jesus, corra. Os políticos brasileiros são santos!”.

 

 

 

 

12 agosto, 2005

 

Variações do mesmo tema (sem sair do tom)


 

No dia em que o Serra ganhar a eleição para Presidente, a Folha de São Paulo vai sair com um "GANHAMOS!" na capa...

 

 

 

TRUUUUUCOOOOO!!!!!


 

Pesquisa DataFolha dá vitória no segundo turno a José Serra sobre Lula!

Parafraseando uma gíria velha: não boto fé!

Em todo caso, acho que vou ali na Polícia Federal encomendar meu passaporte...

 

 

 

 

10 agosto, 2005

 

Uma frase vale mais que mil imagens


 

Image Hosted by ImageShack.us


Pelo menos eu ainda tenho o Democrata de Valadares para me dar alegrias...

 

 

 

Na falta de coisa melhor


 



Tirinha dos "Malvados", do genial André Dahmer (link aí em cima).


Pelo menos UMA leitora deste Submundo abandonado por Deus e ridículo por natureza vai se identificar com os capetinhas "é tudo igual".

Se bem que ela mesma não se identifica como "direita". Acredita que o PSDB é a esquerda legítima (sem a mácula da pobraiada fedida, lógico), e tem um adesivo do José Serra no vidro traseiro do seu Celta. Tadinha...

 

 

 

 

05 agosto, 2005

 

Links inúteis


 

Bom, já que ultimamente já não venho postando nada por aqui numa freqüência aceitável, darei-lhes dois links para se divertirem em minha ausência:

Pudim.com.br - o nome já diz tudo: é uma foto de um pudim. Aliás, uma foto de pudim desfocada e sem qualquer apelo publicitário. Ainda assim, alguém paga a manutenção do domínio "pudim.com.br" por ela.

A última página da Internet - assim como o Universo, a Internet também tem um fim. Só a estupidez humana que não, como diria Einstein (citação barata).

 

 

This page is powered by Blogger. Isn't yours?